• Segurança das crianças

    Cerca de 70 pessoas participarão da Conferência que pretende motivar todas as Unidades Administrativas do Instituto a adotar políticas concretas de proteção das crianças, colocando-as em prática.

    Quarenta e oito delegados e provinciais, o Conselho Geral, conferencistas convidados e a equipe da FMSI se reunirão, de 18 a 22 de abril, na Casa Geral de Roma, para uma segunda reunião, depois daquela realizada em 2012.

    No encontro anterior, as Unidades Administrativas receberam indicações e foram convidadas a elaborar políticas concretas e planos de ação locais.

    “Este encontro pretende dar assistência e acompanhar as políticas e planos de ação de cada Unidade Administrativa”, disse o Conselheiro Geral Michael De Waas. “Durante a Conferência, pretendemos encontrar delegados e provinciais que precisam do nosso apoio”.

    “Penso que é um tema muito importante nesse período, visto o apelo urgente a defender a segurança das crianças em todo o mundo, devido a várias circunstâncias”, disse o Ir. Michael ao escritório de comunicações no último dia 13. “Sentimo-nos na obrigação de fazer a nossa parte”.

    O evento está sendo organizado pela FMSI, sob a orientação do Conselho Geral. Entre os conferencistas está o Pe. jesuíta Hans Zollner, membro da Comissão Pontifícia para a Proteção de Menores e presidente do Centro para a Proteção da Criança da Pontifícia Universidade Gregoriana.

    Agnes Wich, da Alemanha, apresentará seu testemunho e o Ir. Francis Lukong, superior do Distrito da África do Oeste falará sobre bulismo.

    Outro palestrante será Laura Pérez, que vai propor uma reflexão sobre sua experiência na defesa das crianças em Gana, em especial em relação à punição corporal.

    A comissão preparatória do encontro é formada pelos Irmãos Manel Mendoza, do escritório de Genebra da FMSI; Brendan Geary, provincial da Europa Centro-Oeste; Lluis Serra, da Província L’Hermitage; e Michael De Waas, Conselheiro Geral.

    Eles se encontraram em Barcelona, de 4 a 6 de janeiro, e reunir-se-ão novamente nos dias 4 e 5, em Roma, para preparar os últimos detalhes da Conferência. “Depois do encontro esperamos ser mais reativos na possibilidade de oferecer a ajuda necessária que as Províncias nos pedem”, disse o Ir. Michael. “Percebemos que é nossa responsabilidade e vocação oferecer um ambiente seguro para as crianças e jovens confiados aos nossos cuidados; precisamos cuidar deles”, ele acrescentou. “Essa é a nossa resposta positiva ao apelo do Papa Francisco”.

    O diretor do escritório de Roma da FMSI, Ir. Mario Meuti, sublinhou ainda que o objetivo do encontro é avaliar a situação nas Províncias a respeito das medidas em vista da proteção das crianças contra toda forma de abuso, seja violência sexual, punição corporal ou violência verbal e física.

    Outro objetivo é a possibilidade de troca de experiências, a escuta de testemunhos significativos, encorajando novas iniciativas para a implementação de medidas que já são realizadas em alguns locais.

    Origem: Champagnat.org

    Partilha a notícia

    Últimas notícias


    O Ir. Tomás continua

    El superior general, H. Ernesto S...

    [Ler +]


    VII Assembléia Grupos GEM

    Representantes de los Grupos GEM en...

    [Ler +]


    Coordenadores Solidariedade

    As 16 pessoas que coordenam as equi...

    [Ler +]